Em parceria com o Ministério Público, Guarani adere a projeto inovador no futebol

Há quem diga que o mundo do futebol é uma realidade paralela da sociedade. Para se aproximar cada vez mais de causas sociais que impactam a vida das pessoas, os clubes vêm buscando se reinventar e participar de projetos invadores no esporte. O Guarani é um deles.

Mesmo vivendo uma fase ruim dentro de campo, o Bugre é um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro. Campeão nacional e responsável por revelar nomes importantes no cenário nacional, a equipe de Campinas (SP) também quer fazer parte de projetos fora das quatro linhas.

Atento às mudanças recentes no futebol brasileiro e acompanhando de perto os casos recentes de Daniel Alves e Robinho, condenados à prisão por casos de estupro na Europa, o Bugre aderiu a um projeto que pode reforçar a briga das mulheres dentro e fora do ambiente futebolístico.

Guarani adere a projeto de combate à violência contra a mulher

O Guarani aderiu ao “Pacto Ninguém se Cala”, criado em novembro do ano passado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP). Neste projeto, o MPT irá promover uma série de ações de conscientização para auxiliarem mulheres em situação de risco ou vítimas de assédio, violência, importunação e abuso.

Nesta última semana, alguns representantes do Ministério Público visitaram a sede do Guarani, em Campinas (SP), e oficializaram a cerimônia de assinatura do clube, que acontecerá no dia 03 de abril.

A adesão ao projeto do MP-SP é uma ação voluntária. Como resultado da ação do Guarani, o clube poderá contar com palestras e rodas de debate entre jogadores, comissões técnicas e profissionais que estejam diretamente ligados ao “Pacto Ninguém se Cala”.

Mercado: Guarani busca peças de reposição no ataque

Com a lesão de Bruno Mendes e a saída recente de Derek para o Atlético-GO, a diretoria do Guarani se movimenta nos bastidores em busca de reforços para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Recentemente, o clube anunciou Bruno Oliveira para o meio-campo e a dupla de ataque Airton e Renyer. Ainda é esperada a chegada de mais reforços para o elenco de Claudinei Oliveira, que aproveita as semanas livres para trabalhar o elenco de olho na estreia pela Série B do Brasileirão.

Lucas Gervazio
Lucas Gervazio

Jornalista, 25 anos. Trabalho como redator de conteúdo há mais de 3 anos, com experiência em esportes e especialização em futebol. Atualmente, auto como escritor diário no portal FNV Sports.

Articles: 522
Segundona Brasil by FNVSports > Blog > Últimas Notícias > Em parceria com o Ministério Público, Guarani adere a projeto inovador no futebol