Tabela de classificação da Série B do Brasileirão

A Série B do Campeonato Brasileiro de futebol é um torneio de pontos corridos, que premeia os principais colocados com uma vaga direta para a disputa da primeira divisão no ano seguinte. Confira abaixo como funciona a tabela de classificação da Segundona do Brasileirão.

De modo geral, 20 equipes se enfrentam em dois turnos, contabilizam 38 jogos para cada time. Ao final da campanha, os quatro melhores disputam a Série A no ano seguinte, enquanto os quatro piores são rebaixados para a Série C.

Como não há a disputa por classificação para torneios internacionais, a tabela de classificação da Segundona concentra as suas atenções nos dois extremos da tabela.

Classificação da Série B do Brasileirão: como funciona?

A Série B do Campeonato Brasileiro funciona em um esquema de pontos corridos – uma vitória garante 3 pontos, um empate garante um ponto e uma derrota mantém a equipe com a mesma pontuação após a partida.

Ao final das 38 rodadas, as equipes são classificadas de acordo com o número total de pontos conquistados. A primeira prioridade é dada à pontuação, seguida pelos critérios de desempate em caso de igualdade.

Os critérios de desempate, em ordem de aplicação, são: número de vitórias, saldo de gols, gols marcados, confronto direto, número de cartões vermelhos e, por último, sorteio. As quatro equipes que terminam a temporada no topo da tabela de classificação garantem o acesso à Série A na temporada seguinte, enquanto os quatro últimos são rebaixados para a Série C.

A tabela de classificação é a melhor forma para os torcedores acompanharem a evoluçaõ dos clubes na competição e identificar quais equipes estão mais próximas ou distantes dos seus objetivos na temporada.

Brasileiro Serie B
#SeleçãoJVED+/-Pontos
1 Chapecoense

Chapecoense

110023
2 Santos

Santos

110023
3 Sport Recife

Sport Recife

110013
4 Gremio Novorizontino

Gremio Novorizontino

110013
5 Operario PR

Operario PR

110013
6 America MG

America MG

101001
6 Botafogo SP

Botafogo SP

101001
6 Ceara

Ceara

101001
6 Goias

Goias

101001
10 Ponte Preta

Ponte Preta

000000
10 Brusque

Brusque

000000
10 Coritiba

Coritiba

000000
10 Guarani

Guarani

000000
10 Mirassol

Mirassol

000000
10 Vila Nova

Vila Nova

000000
16 Amazonas FC

Amazonas FC

1001-10
17 CRB

CRB

1001-10
18 Avai

Avai

1001-10
19 Ituano

Ituano

1001-20
20 Paysandu

Paysandu

1001-20

Critérios de desempate da tabela de classificação da Série B

O que acontece quando duas equipes têm o mesmo número de pontos? Nestes casos, os critérios de desempate surgem como uma alternativa para definir quem é o melhor time da competição. Para isso,

  1. Número de vitórias: A equipe com mais vitórias ocupa uma posição superior na tabela de classificação.
  2. Saldo de gols: Se ainda houver empate após considerar o número de vitórias, o saldo de gols (diferença entre gols marcados e gols sofridos) é utilizado como segundo critério de desempate.
  3. Gols marcados: Caso persista o empate, a equipe que tiver marcado mais gols ao longo da temporada fica em posição superior na classificação.
  4. Confronto direto: Se as equipes empatadas tiverem se enfrentado durante a competição, o resultado do confronto direto é considerado. A equipe com melhor desempenho nesses confrontos fica à frente na tabela.
  5. Número de cartões vermelhos: Se todas as etapas anteriores não resolverem o empate, é considerado o menor número de cartões vermelhos recebidos pelas equipes ao longo da temporada.
  6. Sorteio: Se, após todos esses critérios, o empate persistir, um sorteio realizado pela entidade organizadora do campeonato determina a posição final das equipes na tabela de classificação.

Quando a Série B passou a contar com 20 equipes?

A Série B do Campeonato Brasileiro passou a ter 20 equipes no formato de pontos corridos a partir da temporada de 2006. Antes dessa mudança, o número de clubes participantes na Série B podia variar, e o formato da competição envolvia fases de grupos e mata-mata.

A transição para o modelo atual de pontos corridos com 20 equipes foi implementada com o objetivo de proporcionar uma competição mais equilibrada e imprevisível, seguindo a tendência de ligas de futebol ao redor do mundo.

Com essa mudança, a Série B passou a ter um calendário mais consistente e ofereceu aos clubes a oportunidade de uma competição mais justa e regular, permitindo que o desempenho ao longo de toda a temporada fosse determinante para o sucesso ou a luta contra o rebaixamento.

O sistema de pontos corridos com 20 equipes na Série B trouxe maior estabilidade e visibilidade para a competição, facilitando o acompanhamento ao longo da temporada.

Qual é o aproveitamento médio para se classificar na Série B?

O aproveitamento médio necessário para uma equipe se classificar na Série B do Campeonato Brasileiro pode variar de temporada para temporada, pois depende do desempenho das equipes ao longo do campeonato.

O sistema de pontos corridos da Série B gera uma competição mais equilibrada e imprevisível. Como referência, observando temporadas passadas, é comum que as equipes que terminam no G4 com aproveitamento médio acima de 60%.

Cada temporada apresenta uma perspectiva própria na briga pela parte de cima. Neste caso, portanto, é possível que os percentuais variem para mais/menos de acordo com a disputa em vigor na competição.

O desempenho médio de uma equipe classificada na Série B é relativo. Até por conta disso, uma análise mais precisa só pode ser realizada ao longo da temporada, considerando o contexto específico de cada equipe.

Lucas Gervazio
Lucas Gervazio

Jornalista, 25 anos. Trabalho como redator de conteúdo há mais de 3 anos, com experiência em esportes e especialização em futebol. Atualmente, auto como escritor diário no portal FNV Sports.

Articles: 407
Segundona Brasil by FNVSports > Blog > Classificação > Tabela de classificação da Série B do Brasileirão