Vem muita grana por aí: quanto o Avaí pode ganhar com Raphinha no Al-Hilal?

Mesmo longe do Avaí há muitos anos, Raphinha ainda pode gerar lucros ao Leão da Ilha. Atualmente no Barcelona, o atacante da Seleção Brasileira está na mira do Al-Hilal para a próxima temporada e, caso feche com o clube saudita, poderá ajudar a equipe catarinense com alguns milhões na transferência.

O time que hoje é comandado por Jorge Jesus atravessa um dos momentos mais promissores de toda a sua história. Após fechar com Neymar e Malcom, o Al-Hilal já está de olho em outros nomes de peso no futebol europeu. A próxima janela, que se abre em alguns semanas, promete ser agitada no Oriente Médio.

De olho em atacantes para continuar o processo de reformulação do elenco, os dirigentes do Al-Hilal enxergam em Raphinha um grande potencial para a disputa da próxima temporada. As conversas já se iniciaram nos bastidores, e caso o martelo seja batido, o Avaí também sai ganhando com o negócio.

Quanto o Avaí ganha com a ida de Raphinha ao Al-Hilal?

Responsável por formar Raphinha nas categorias de base, o Avaí tem direito a 0,78% do valor de qualquer negociação do atleta. O mecanismo da FIFA garante, portanto, que o Leão deve lucrar uma boa grana caso o jogador se transfira para o Oriente Médio.

Na mídia internacional, especula-se que o Al-Hilal estaria disposto a investir cerca de 100 milhões de euros (R$540 milhões) para tirar o atacante do Barcelona. Caso os valores cheguem a esse patamar, o Avaí poderia lucrar até R$4,2 milhões com o negócio.

Sem atuar no futebol profissional do Avaí, Raphinha foi vendido ainda muito jovem ao Vitória de Guimarães, de Portugal. Na época, o Leão da Ilha recebeu cerca de R$2,7 milhões pelo atacante, que teve 45% dos seus direitos econômicos negociados.

Por que o Avaí pode ganhar com a venda de Raphinha?

O mecanismo de solidariedade da FIFA prevê que todos os clubes por onde um jogador passou até os 23 anos garantam um percentual de vendas futuras. Isso significa dizer que, na prática, o período em que Raphinha atuou no Avaí corresponde a uma fatia do percentual de formação do atleta para o nível profissional.

Nas regras do mecanismos da FIFA, a divisão dos percentuais é feita com base no tempo de duração de um jogador no clube, e os valores são contados a partir dos 12 anos, chegando até ao 23º aniversário do jogador. Ao todo, são 5% divididos em parcelas de 0,25% e 0,50%.

Os percentuais são de 0,25% para cada temporada de atuação até os 15 anos de idade. A partir dos 16, cada ano de atuação em um clube garante à instituição um percentual de 0,50%, que é somado a cada ano.

Lucas Gervazio
Lucas Gervazio

Jornalista, 25 anos. Trabalho como redator de conteúdo há mais de 3 anos, com experiência em esportes e especialização em futebol. Atualmente, auto como escritor diário no portal FNV Sports.

Articles: 407
Segundona Brasil by FNVSports > Blog > Curiosidades > Vem muita grana por aí: quanto o Avaí pode ganhar com Raphinha no Al-Hilal?