Quanto o Ceará precisa pagar para se livrar do transfer ban da FIFA?

O Ceará foi banido pela FIFA nesta semana. Após acumular dívidas trabalhistas com ex-jogadores, a diretoria do Vozão foi notificada pela entidade máxima do futebol sobre o transfer ban e, agora, precisa se ajustar financeiramente caso queira contratar novos atletas para a temporada.

Apesar do problema financeiro, no campo as coisas vão bem. A vitória sobre o Fortaleza no Clássico-Rei trouxe uma motivação especial para o elenco, que chega para a disputa da Série B como um dos favoritos à briga pelo acesso.

Vagner Mancini sinaliza a necessidade de novos reforços para a sequência da temporada. Até por esse motivo, os dirigentes alvinegros ligaram o sinal de alerta e agora fazem contas para ver como será possível se livrar do transfer ban nas próximas semanas.

Ceará leva transfer ban da FIFA: veja quanto o clube precisa pagar em dívidas

Caso queira contratar novos jogadores para a disputa da Série B do Brasileirão de 2024, o Ceará precisará se ajustar com a FIFA. O clube recebeu um transfer ban da entidade máxima pois acumula dívidas trabalhistas e processos.

O caso que fez o Vozão ser punido pela FIFA envolve o atacante Saulo Mineiro. Em julho de 2023, o atacante de 26 anos de idade foi comprado junto ao Yokohama FC, do Japão. O valor da negociação gira em torno de 600 mil dólares (R$3 milhões), e a equipe japonesa ainda não recebeu o pagamento.

Em busca dos seus direitos, o departamento financeiro do clube japonês acionou a FIFA e, no dia 12 de março, a entidade estabeleceu a proibição de registro de novos atletas no clube cearense. Para se livrar do problema, o Vozão precisa se ajustar com o Yokohama FC.

Em nota, Ceará revela que transfer ban não vai prejudicar o clube em 2024

Ciente das dívidas pendentes com o Yokohama FC, a diretoria do Ceará emitiu uma nota explicando o transfer ban sofrido. Em texto, o clube afirmou que já está trabalhando para resolver a situação e a punição não irá atrapalhar a chegada de novos atletas para a temporada:

“O Ceará SC esclarece que o recente transferban será resolvido nas próximas semanas, assegurando que não haverá impactos nas futuras transferências. (…) O Clube se compromete a fornecer atualizações conforme o caso evoluir, em nome da transparência e do desenvolvimento contínuo da instituição.”

Lucas Gervazio
Lucas Gervazio

Jornalista, 25 anos. Trabalho como redator de conteúdo há mais de 3 anos, com experiência em esportes e especialização em futebol. Atualmente, auto como escritor diário no portal FNV Sports.

Articles: 522
Segundona Brasil by FNVSports > Blog > Curiosidades > Quanto o Ceará precisa pagar para se livrar do transfer ban da FIFA?