Nenê Vasco

Nenê precisou de apenas três jogos no Vasco para mostrar que foi uma boa investida do clube. Na noite desta sexta-feira (24), o meia marcou novamente e garantiu a vitória do Cruz-Maltino sobre o Brusque pela 26ª rodada da Série B.

1º TEMPO

O VAR foi acionado pelos menos quatro vezes no estádio Augusto Bauer, na partida entre Brusque e Vasco. Sem dúvida, não foi um jogo tranquilo para a arbitragem. Logo aos 5′ da etapa inicial, Nonato marcou para os donos da casa, após cobrança de escanteio. O lance foi revisado pelo VAR e o gol foi anulado de forma acertada.

Advertisement

O VAR foi destaque

O gramado complicou a qualidade do jogo, o campo pesado deixou as equipes ainda mais lentas. O Vasco não conseguiu impor o mesmo ritmo dos dois últimos jogos. A equipe mostrou uma leve melhora, mas deixou a vitória escapar nos acréscimos nas duas partidas.

Aos 44′, a situação ficou mais difícil para o lado preto e branco. O time carioca perdeu o lateral Léo Matos. Após confusão na pequena área, o VAR foi acionado. O árbitro revisou o lance e viu a mão do jogador no rosto de Claudinho e expulsou o defensor. No entanto, a decisão não foi unânime entre outros especialistas, que viram exagero no cartão vermelho.

Em seguida, após saída de bola rápida, Edu marcou para o Brusque. Mas, novamente, o VAR entrou em cena para anular o gol do artilheiro, apontando impedimento de Jhon Cley na origem do lance. No entanto, a linha do VAR estava incorreta.

2º TEMPO

Na segunda etapa, os catarinenses aceleraram o ritmo em busca do gol. Com um a menos, o Vasco se fechou e contou com algumas substituições. Walber, Daniel Amorim e Rômulo entraram no jogo substituindo Morato, Cano, Gabriel Pec, respectivamente.

O “vovô” Nenê em boa forma

Esse foi apenas o terceiro jogo de Nenê pelo Gigante da Colina, o suficiente para mostrar que o clube não errou em trazê-lo de volta. Aos 10′ do 2º tempo, Zeca cruzou pela direita e achou o meia livre. O armador bateu bonito no gol do goleiro Ruan e fez 1 x 0 para o Vasco. Foi o segundo gol do jogador em três jogos, nas três partidas foi o melhor homem do time em campo.

Ao contrário das outras partidas, o Cruz-Maltino segurou a vitória até o fim. Vanderlei fez boas defesas e impediu que os donos da casa colocassem água no “chope” vascaíno em plena sexta-feira.

BRUSQUE X VASCO – E AGORA?

Os cariocas voltam para casa com os três pontos. O resultado leva a equipe a 7ª colocação (37 pts), o que pode mudar com a sequência da rodada. Contudo, os vascaínos sabem que para fazer o milagre acontecer, precisam lutar  usando a matemática a seu favor. E só as vitórias importam agora, pois faltam 12 rodadas e 36 pontos a disputar.

Já o Brusque complicou ainda mais a sua situação. Logo, a derrota o deixa mais próximo do rebaixamento. Nem mesmo o artilheiro do campeonato, Edu, poderá resolver os vários problemas da equipe catarinense. O próximo jogo do clube é contra o Brasil de Pelotas, enquanto Vasco vai receber o Goiás, na próxima segunda-feira (27), às 20h (de Brasília).

MELHORES MOMENTOS – BRUSQUE x VASCO

Foto destaque: Divulgação/Rafael Ribeiro/Vasco

mm
É jornalista de formação. Atua na área de esportes e cobre futebol. Com foco em webjornalismo, se dedica a criação de conteúdo especializado na internet, redes sociais e blogs.

Cyber


Related Post