pintado

Antes de mais nada, aconteceu nesta manhã o julgamento do técnico Pintado, da Chapecoense. O técnico do Verdão do Oeste recebeu uma suspensão do STJD de dois jogos após expulsão na partida contra o Atlético-GO. Bem como, o professor não estará no comando da equipe na partida de domingo contra o São Paulo, pela 23ª rodada do Brasileirão.

À princípio, o treinador da Chape acabou sendo citado duas vezes no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Ou seja, trata de “assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código.”

Advertisement

Segundo a súmula do árbitro da partida, Adriano Barros Carneiro, Pintado foi expulso após “sair da sua área técnica, batendo palmas de forma sarcástica, reclamando acintosamente das decisões da arbitragem”. Além disso, o técnico teria xingado a equipe de arbitragem: “vai tomar no c*, vocês não tem vergonha não?”. A revolta do treinador aconteceu após um pênalti marcado para o time do Dragão, já nos acréscimos do 2º tempo.

Pintado suspenso, e agora?

Por fim, a diretoria da Chapecoense estuda a possibilidade de recorrer contra a punição. Caso aconteça, eles podem pedir um efeito suspensivo para o técnico. Do mesmo modo, se o pedido for aceito, o Pintado ficará disponível para o jogo do final de semana.

Foto Destaque: Divulgação/Márcio Cunha/Chapecoense

Caio Sterner
Me chamo Caio, tenho 20 anos e estou no último ano do curso de jornalismo na UNINOVE. Sou um cara extremamente apaixonado por games e futebol. Meu maior sonho é cobrir jogos como repórter de campo em campeonatos nacionais e, quem sabe, internacionais.

Cyber


Related Post