Vasco

O Vasco empatou com o CSA fora de casa em 2 x 2 e completou o primeiro terço da caminhada rumo ao acesso. A partida, em Maceió, não foi diferente dos outros jogos, em relação a  atuação da equipe carioca. No entanto, foi o bastante para mostrar que a campanha inicial do Cruz-Maltino nesta Série B está abaixo das anteriores.

Campanhas do Vasco no início da Série B

O saldo do Gigante da Colina na 13ª rodada da Série B 2021 está longe de satisfazer o torcedor. Em resumo,  o time carioca ainda não entrou no G4, e com 19 pontos ocupa a 8ª posição. Além disso, o saldo de gols da equipe é um pouco incômodo: são 15 gols marcados e 14 sofridos.

Advertisement

O clube vai precisar melhorar seu desempenho e seus números para conseguir um acesso tranquilo. É isso que diz o histórico da equipe em comparação a outras vezes em que disputou a segunda divisão. Nesse sentido, o time, que logo será comandado pelo técnico Lisca, chega ao primeiro terço da Série B em contraste com o início de outras campanhas nas últimas décadas.

Em 2009, primeira vez que disputou a Série B, o Cruz-Maltino estava em 5º lugar na rodada 13. Além disso, o número de pontos era superior ao atual. O time carioca somava 23 pontos e estava a cinco pontos do primeiro colocado, o Guarani. Da mesma forma,  ataque e defesa também eram mais positivos. Àquela altura, o time somava 16 gols a favor e seis contra.

Do mesmo modo, em 2014, no segundo descenso, o Cruz-Maltino também ocupava a 5ª posição na rodada 13 com 22 pontos. O saldo de gols também era superior ao atual: 18 gols marcados e 8 sofridos. Bem como na campanha posterior, em 2016, em que o Vasco teve o melhor início em termos de resultados. Na 13ª rodada, o Gigante da Colina era o líder do campeonato com 28 pontos. A equipe já havia marcado 23 gols, sendo vazado 13 vezes.

Vale lembrar que a campanha do Náutico, líder do campeonato deste ano, é um parâmetro a levar em consideração, caso a equipe continue com a mesma pegada até o fim. Com 29 pontos, o Timbu já possui larga vantagem em relação ao 5º colocado CRB, são nove pontos de diferença. Dez em relação ao time da colina.

Foto: Divulgação/Alisson Frazão/Vasco

mm
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonada por escrever e por grandes histórias. Escrever sobre futebol não é um trabalho pra mim, é um hobby. Hoje curso Relações Públicas e pretendo um dia trabalhar na comunicação interna de um clube de Futebol.

Cyber


Related Post