Vasco

Não foi uma simples vitória, foi uma vitória contra um dos fortes candidatos ao acesso. O Vasco venceu o Goiás, em São Januário, no seu melhor jogo nesta Série B. Fernando Diniz colocou em campo um time mais lúcido e ligado, e o resultado foi a segunda vitória seguida, e com gosto de esperança nas arquibancadas.

1° TEMPO

O Vasco recebeu o Goiás na 27ª rodada da Série B com apenas um objetivo: vencer. Faltando 11 rodadas para o fim do campeonato, a equipe precisa melhorar seu desempenho em campo para superar seus rivais e diminuir a distância para o G4. Nesse sentido, o técnico Fernando Diniz trouxe mudanças na escalação após suspensão do lateral Léo Matos. Diniz escalou Morato no ataque, e o jovem Riquelme na lateral esquerda.

Advertisement

De início, o Goiás assustou com uma bola na trave, mas esse foi o único lance de perigo do time. A partir daí, só deu Vasco. Com outra postura, o Cruz-Maltino conseguiu brecar o jogo dos visitantes. Com domínio no meio-campo, os cariocas foram mais agressivos e pareciam ter total domínio de suas ações.

Enfim a “estreia” no campeonato

Além disso, os jogadores estavam mais conscientes e ligados em comparação a outros jogos. Do mesmo modo, a boa atuação da maioria foi essencial para o jogo movimentado. Nenê segue como peça fundamental, após seu retorno. Morato, que entrou como titular foi mais participativo no ataque. Assim como o volante Andrey pode ter feito seu melhor jogo no time de São Januário.

Por outro lado, a equipe de Marcelo Cabo não conseguia se livrar da marcação vascaína, teve seu jogo bloqueado e não deu trabalho para o goleiro Vanderlei no 1º tempo. Dessa maneira, o Cruz-Maltino foi superior durante toda a primeira etapa. Aos 29’, Riquelme fez um cruzamento perfeito, Morato cabeceou de peixinho e fez 1 x 0 para os donos da casa. O jogador de 19 anos se emocionou e chorou, após  a assistência para o gol.

No fim do primeiro tempo, Nenê cobrou escanteio e quase fez um gol olímpico. A cereja para enfeitar os melhores 45 minutos do Gigante da Colina no campeonato.

2º TEMPO

A segunda etapa começou como terminou, com a equipe de Diniz no ataque. Aos 3’ da etapa final, Nenê cruzou e achou Gabriel Pec livre para marcar mais um gol de cabeça e ampliar o placar, 2 x 0. O Goiás voltou melhor no 2º tempo, e o Vasco diminuiu o ritmo. Embora a equipe vascaína tenha sido muito pressionada, conseguiu segurar o resultado até o final. Uma vitória contra um forte candidato ao acesso.

Uma vitória com gosto de esperança

Pouco mais de 3 mil pessoas assistiram a vitória do Vasco das arquibancadas. A princípio, cerca de 7 mil bilhetes foram colocados à venda. Esse foi o segundo jogo-teste com liberação parcial de público, a primeira vez que o setor popular foi aberto à torcida. De fato, houve aglomeração e torcedores sem máscara.

Contudo, vale lembrar que entre os protocolos para ir ao jogo estava a obrigatoriedade do cartão de vacinação em dia ou o exame negativo antígeno, que prova que o individuo não tem a doença. Com a vitória consumada, a torcida foi ao delírio na colina, e Nenê foi na onda da galera.

VASCO X GOIÁS – E agora?

O resultado diminui a distância do Cruz-Maltino para o G4. Com a segunda vitória consecutiva, a equipe de Fernando Diniz soma 40 pontos e sobe para a 7ª posição. Está a quatro pontos do primeiro time da zona de acesso, o CRB. Se a equipe alagoana for superada pelo Náutico no jogo desta terça-feira (28), o vascaíno terá bons motivos para continuar acreditando. No próximo jogo, os cariocas visitam o Confiança-SE, o jogo está marcado para este domingo (3), as 18h15 (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS – VASCO X GOIÁS

Foto destaque: Divulgação/CBF/Thiago Ribeiro/AGIF

mm
É jornalista de formação. Atua na área de esportes e cobre futebol. Com foco em webjornalismo, se dedica a criação de conteúdo especializado na internet, redes sociais e blogs.

Cyber


Related Post