América-MG e Paysandu apresentam o mesmo ponto forte em 2024 e podem chegar com ‘vantagem’ para a Série B

Nos primeiros jogos da temporada de 2024, América-MG e Paysandu aparecem como destaques da Série B do Campeonato Brasileiro. Juntas, as duas equipes apresentam números importantes e dão sinais de que, este ano, poderão surpreender na segunda divisão do futebol nacional.

Pelo Campeonato Mineiro, o Coelho é dono da melhor campanha até o momento. Com 13 pontos de 15 disputados, a equipe comandada por Cauan de Almeida ganha forma ao longo do torneio e indica que virá com tudo em busca do título estadual de 2024.

O Papão, por sua vez, também faz uma campanha de destaque no Campeonato Paraense. Invicto, com 86% de aproveitamento, a equipe comandada por Hélio dos Anjos se destaca na competição, abre vantagem sobre o rival Remo e mostra que, nesta temporada, pode brigar por objetivos ainda maiores.

Série B: América-MG e Paysandu começam 2024 ‘voando'

A temporada de 2024 promete ser quente para os clubes que disputam a Série B do Brasileirão. No começo do ano, já é possível acompanhar a evolução de alguns times que, em tese, devem chegar como os grandes favoritos pela busca das quatro primeiras colocações do torneio nacional.

Como o campeonato é de pontos corridos, contar com uma defesa sólida pode ser fundamnetal para atingir as metas estabelecidas no começo da temporada. Neste começo de ano, América-MG e Paysandu se destacam com as duas defesas mais compactas entre os 20 clubes que estarão no torneio.

Com apenas um gol sofrido em cinco jogos disputados na temporada, o Coelho é o detentor de uma importante marca. Cauan de Almeida, técnico da equipe, destaca a importância de um trabalho conjunto na linha de marcação e acredita no potencial dos seus jogadores de frente, que vem se destacando nos jogos do Campeonato Mineiro.

O Paysandu tem os mesmos números: apenas 1 gol em 5 jogos. Apesar de viver uma reestruturação de elenco após o acesso para a Série B, o Papão pode surpreender na temporada regular com boas atuações defensivas e o poder do mando de campo, em Belém (PA).

Desempenho defensivo de todas as equipes da Série B na temporada de 2024

  • Amazonas: 4 gols sofridos em 6 partidas;
  • América-MG: 1 gol sofrido em 5 partidas;
  • Avaí: 15 gols sofridos em 7 partidas;
  • Botafogo-SP: 7 gols sofridos em 7 partidas;
  • Brusque: 5 gols sofridos em 5 partidas;
  • Ceará: 2 gols sofridos em 6 partidas;
  • Chapecoense: 11 gols sofridos em 6 partidas;
  • Coritiba: 7 gols sofridos em 8 partidas;
  • CRB: 2 gols sofridos em 6 partidas;
  • Goiás: 2 gols sofridos em 8 partidas;
  • Guarani: 9 gols sofridos em 7 paridas;
  • Ituano: 11 gols sofridos em 7 partidas;
  • Mirassol: 9 gols sofridos em 7 partidas;
  • Novorizontino: 5 gols sofridos em 7 partidas;
  • Operário-PR: 6 gols sofridos em 7 partidas;
  • Paysandu: 1 gol sofrido em 5 partidas;
  • Ponte Preta: 7 gols sofridos em 7 partidas;
  • Santos: 5 gols sofridos em 5 partidas;
  • Sport: 9 gols sofridos em 9 partidas;
  • Vila Nova: 3 gols sofridos em 8 partidas.
Lucas Gervazio
Lucas Gervazio

Jornalista, 25 anos. Trabalho como redator de conteúdo há mais de 3 anos, com experiência em esportes e especialização em futebol. Atualmente, auto como escritor diário no portal FNV Sports.

Articles: 407
Segundona Brasil by FNVSports > Blog > Brasileirão Série B > América-MG e Paysandu apresentam o mesmo ponto forte em 2024 e podem chegar com ‘vantagem’ para a Série B