Cano

Os vascaínos estão apreensivos com a notícia desta sexta-feira (2), de que o Galatasaray, da Turquia, está de olho em Germán Cano, o artilheiro do time. Segundo a imprensa argentina, o clube de Istambul já estaria preparando a proposta para o jogador de 33 anos. O “assédio” ao atleta já não é novidade na temporada. Além disso, também não é a primeira vez que o futebol turco “cresce” os olhos para cima do argentino.

Os números de Cano atraem

De fato, Cano tem contrato com o Vasco até o fim de 2021. No clube carioca a pouco mais de um ano, o atacante acumula experiência. Antes de chegar à colina, defendia o Independiente Medellín, da Colômbia. No time do Atanasio Girardot, o atual camisa 14 do Cruz-Maltino superou todas as expectativas. Em 47 jogos, fez 41 gols pela equipe, uma média de 0,87 gols por jogo. Assim, ganhou o prêmio de artilheiro da Liga Aguila.

Advertisement

Do mesmo modo, após se transferir para Vasco da Gama, o atacante superou todas as apostas. Mais que isso, vem deixando sua marca na equipe preta e branca. Cano já soma 35 gols em 72 jogos com a camisa do time. Além disso, manteve a regularidade da temporada anterior, em que marcou 24 gols, 14 deles no Brasileirão Série A, ficando em terceiro na artilharia ao lado de Gabriel Barbosa, do Flamengo.

Este ano, o argentino já marcou 11 gols em 19 jogos. Em razão desses números robustos, já está entre os 10 maiores artilheiros do Vasco no século 21. Vale lembrar que se o jogador firmar uma parceria duradoura com a equipe carioca, pode ficar entre os cinco maiores, caso mantenha o pé afiado.

Sempre visado pelo mercado

Em razão desses números, Cano passou a ser assediado por clubes estrangeiros. Em maio, foi sondado por times da Colômbia. Na ocasião o próprio jogador revelou as propostas. Atlético Nacional quis a minha contratação. Do Junior [Barranquilla], recebi uma proposta”. No entanto, o jogador disse “não” aos clubes.

Em junho, o jornalista Jorge Nicola informou que um clube Árabe também fez uma proposta ao jogador. Sem citar o nome do clube, o jornalista enfatizou que o atacante receberia bem mais do que recebe no clube carioca, que gira em torno de R$ 300 mil. Agora, na mira do Galatasaray, Cano pode ficar outra vez na situação de escolher se continua ou não no time da colina. O motivo da procura da equipe de Istambul  por um goleador são as recorrentes lesões de Falcão Garcia.

Antes do último jogo contra o Confiança-SE, neste sábado (3), o argentino expressou, na TV Vasco, sua satisfação no clube. “Espero seguir por muitos anos. Mas isso não depende de mim, depende de muitas coisas”, disse o jogador sobre a tarefa de ser uma referência para a torcida.

Não é a primeira vez que o futebol turco deseja ter o atacante na liga local. Em 2019, o Goztepeye sondou o jogador, que na época defendia o Independiente Medellín. Impressionados com os números, os dirigentes estavam sedentos por um goleador. Mas Cano acabou indo jogar no Vasco.

Foto destaque: Divulgação/Rafael Ribeiro/Vasco

mm
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonada por escrever e por grandes histórias. Escrever sobre futebol não é um trabalho pra mim, é um hobby. Hoje curso Relações Públicas e pretendo um dia trabalhar na comunicação interna de um clube de Futebol.

Cyber


Related Post