Trem-bala da colina

Já faz 10 anos do último título grandioso do Vasco no futebol. A conquista da Copa do Brasil 2011 ficou marcada na memória dos vascaínos não só por mexer com o brio, mas porque foi construída e envolvida por momentos de catarse. Acima de tudo, o time apelidado de ‘Trem-bala da colina’, foi uma mania que contagiou as arquibancadas.

“Foi uma vitória com cara de Vasco da Gama”

Essas foram as palavras do até então presidente Roberto Dinamite, após o Vasco pôr fim a seca de títulos que durava quase uma década. Portanto, nesse dia 8 de junho, 10 anos pós-conquista, o torcedor tem motivos de sobra para relembrar com carinho o caminho que trilhou o ‘Trem-bala’ naquela campanha.

Advertisement

Foi uma conquista inédita, um ponto fora da curva. O clube não vivia os melhores momentos de sua história, o Cruz-Maltino tinha disputado a Série B um anos antes, em 2009. Por isso, voltou para o círculo da elite em grande estilo na temporada 2011, quando também fez páreo duro na disputa pelo Brasileirão daquele ano. Em resumo, na campanha da Copa do Brasil, o time passou por Comercial-MS, Náutico, Avaí e Athletico-PR, até chegar à grande final contra o Coritiba. A decisão foi fora de casa, no Couto Pereira.

Um Couto Pereira hostil

O Vasco não foi bem recebido pelos mandantes. A equipe carioca havia vencido o primeiro jogo por 1 x 0 em São Januário e estava em vantagem. O Coritiba, por sua vez, estava sedento por um título, pois há 26 anos não sabia o que era levantar um troféu de grande expressão.

Como resultado, os torcedores da casa extrapolaram ao querer desestabilizar os vascaínos. Vários objetos foram atirados em campo em direção a delegação do Vasco. Não era a primeira vez, o Couto Pereira chegou a ficar um ano interditado, após vândalos invadirem o campo inconformados com o rebaixamento da equipe em 2009.

Mas o time do técnico Ricardo Gomes não se intimidou. Alecsandro, já apelidado de Alecgol, colocou o Gigante da Colina na frente aos 11′ da etapa inicial. Aliás, foi dele também o gol da vitória por 1 x 0 no jogo de ida no Rio de Janeiro. O jogo ganharia tons dramáticos, não seria tão fácil. Marcelo Oliveira, treinador do Coxa na época, fez substituições cirúrgicas que levaram o time alviverde à virada no segundo tempo. Assim, os cariocas foram tensos para vestiários, afinal o título estava em risco.

O coxa até que tentou descarrilhar o ‘Trem-bala’

No segundo tempo, o Vasco chegou ao empate quase nos mesmos minutos em que abriu o placar. Brilhou a estrela de Éder Luís, que acreditou e arriscou um chute. Era o empate em 2 x 2, e o momento em que o camisa 7 puxaria o ‘Trem-bala’ para comemorar e fazer a festa dos 5 mil vascaínos presentes.

Mas na base da estrela do técnico da casa, o Coritiba virou o jogo aos 21′ da última etapa, fez 3 x 2 para deixar os cariocas sem respirar por quase meia hora até o final. Só que o comboio de Alecsandro, Diego Souza, Dedé, Éder Luís, Fernando Prass e companhia faria uma das finais mais corajosas da história do clube. E assim não deu para o Coxa! O Vasco ficou com a taça e comemoraria por duas noites a derrota mais saborosa do time na última década. E mais uma vez fora de casa.

A história já avisava, fora de casa o Vasco “é bem feliz”

Em 1998, o clube conquistou a América ao bater o Barcelona-EQU, em Guayaquil pela Libertadores. E, novamente, em 2000, mais uma taça fora de casa, o título da Copa Mercosul dentro do Palestra Itália, numa virada histórica por 4 x 3 sobre o Palmeiras.

A conquista longe da colina histórica só aumentou a festa em 2011. O Cruz-Maltino comemorou em Curitiba e depois no Rio. Com direito a saguão lotado a espera dos campeões. A festa vascaína se prolongou e marcou um dos momentos mais intensos que o vascaíno mais jovem se lembra e que mais tem prazer em recordar.

Foto destaque: Reprodução/AG/Estado

mm
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonada por escrever e por grandes histórias. Escrever sobre futebol não é um trabalho pra mim, é um hobby. Hoje curso Relações Públicas e pretendo um dia trabalhar na comunicação interna de um clube de Futebol.

1xBet


Related Post